Geração compartilhada é golpe?

Se você acompanhou as últimas edições do Estado de Minas, ou assistiu a reportagem da Globo, já deve ter ouvido falar sobre geração de energia compartilhada, ou energia solar por assinatura.

A oferta é tentadora: usar uma fonte de energia renovável, sem precisar instalar painéis solares e ainda pagar menos na conta de luz. Mas seria este um golpe? É o que descobriremos nesse post.

Resumidamente: Geração compartilhada é golpe? Não, mas afinal…

O que é geração compartilhada?

Trata-se de um modelo de negócio no qual o consumidor adere a uma assinatura para partilhar energia gerada em usinas particulares.

Ou seja, ao invés de precisar instalar os painéis solares na sua residência/negócio todo o investimento fica por conta das empresas donas das fazendas solares.

Nessas fazendas solares, a energia captada pelo sol é convertida em energia elétrica, e depois é distribuída através da rede de energia existente. Assim, ela chega ao consumidor final com um custo reduzido.

Cada empresa privada determina o quanto cederá de desconto para os seus clientes. Algumas optam por descontos fixos, outras oferecem descontos variáveis.

O que não te contam sobre energia solar por assinatura?

O ingresso dos consumidores interessados na modalidade de energia por assinatura se dá por meio de contratos de consórcio (para pessoas jurídicas), ou cooperativas (para pessoas físicas).

Mas fique tranquilo, pois esse processo é adotado apenas para preservar a segurança jurídica exigida pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

Qual a parte ruim deste modelo de negócio?

Como quase tudo no Brasil: A burocracia.

Como citamos no tópico anterior, pessoas jurídicas ingressam na modalidade consórcio, e pessoas físicas entram como parte de uma cooperativa.

O processo de adesão pode ser realizado de forma digital, ou presencial.

Porém, o prazo entre o momento da contratação e o início do recebimento de energia renovável varia, podendo chegar a até 60 dias.

Escolha a pioneira em energia solar

Nascemos na cultura ESG. Possuímos green bonds certificados pela SITAWI, a primeira organização brasileira acreditada pela Climate Bonds Initiative (CBI) para a certificação de títulos verdes.

Temos mais de 40 anos de experiência no mercado, participando ativamente da instalação de usinas solares, estudos de viabilidade e consultorias especializadas para oferecer soluções fotovoltaicas.

Faça sua simulação gratuita

Fale conosco:
31 99706-9000
contato@axsenergia.com.br