Como reduzir a conta de luz legalmente?

Segundo os regramentos RN 482/2012 e RN 687/2015 da ANEEL e a Lei nº 14.300 de 6 de janeiro de 2022, todas as pessoas têm direito a geração compartilhada.

Atualmente, há duas maneiras de garantir esse acesso:

1. Construindo uma usina de microgeração/minigeração distribuída. Ou seja, quando o próprio consumidor realiza investimentos iniciais que partem de R$ 20.000,00 para colocar painéis fotovoltaicos no telhado e gerar a própria energia;

2. Ou fazendo parte de uma Comunidade Solar, aderindo a um plano. Nessa opção, todo o gasto da construção fica por conta das empresas donas de fazendas solares. Neste caso, a energia produzida pelo sol é distribuída através da rede de energia existente, chegando ao consumidor final com um custo reduzido.

É válido ressaltar que o ingresso dos consumidores interessados na modalidade, se dá por meio de contratos de consórcio (para pessoas jurídicas), ou cooperativas (para pessoas físicas), garantindo assim a segurança jurídica exigida pela ANEEL.

Para participar basta se submeter a uma análise de crédito, estar com as faturas de luz em dia, e aguardar os tramites legais que podem demorar até 60 dias para serem finalizados.

Após esse prazo você passa a usufruir de uma fonte de energia limpa e sustentável pelo tempo que quiser.

Todos os projetos de usinas da AXS Energia são avaliados e aprovados pela CEMIG. Garantindo assim a segurança necessária para que você consiga reduzir a sua conta legalmente. Todo processo pode ser feito de forma digital, com poucos cliques.

Clique aqui e faça parte da nossa Comunidade Solar. 🌞

Fale conosco:
31 99706-9000
contato@axsenergia.com.br